Campanha busca ajudar Sênior a fazer tratamento contra câncer raro
Publicado em 26 de Setembro de 2016
Foto: Divulgação
Amigos e familiares do Sênior Herbert Morais têm mobilizado DeMolays e Maçons de todo o Brasil para auxiliar no tratamento do raro câncer que atinge o cérebro do jovem de 30 anos. Diagnosticado como meduloblastoma, Herbert é membro do Capítulo 'Deus, Pátria e Família' nº 8, de Campina Grande, além de uma figura conhecida da Ordem DeMolay paraibana e a campanha tenta arrecadar recursos para custear uma parte do tratamento dele, iniciado recentemente em São Paulo (SP) e orçado em aproximadamente R$ 60 mil.
 
“Estamos empenhados na campanha em prol do sobrinho Herbert, através dos Capítulos, Priorados e de toda estrutura DeMolay do estado, inclusive com a logística do Grande Conselho Estadual. Mesmo assim acho que está um pouco tímida”, relata o Grande Mestre Estadual da Paraíba, Ivan Lucena. Inicialmente a família não divulgou informações precisas sobre o tratamento, porém ao ver que não era um caso muito simples, acabou procurando por ajuda, lembra Lucena.
 
O Grande Mestre Estadual Adjunto da Paraíba, Duilio Levir, que está fazendo interlocução com a família, o tratamento foi iniciado no Hospital Santa Catarina, após confirmado o diagnóstico. “Segundo a irmã dele, ‘Heb’ tem neuroblastoma, que é um tipo de câncer raro que afeta crianças. De acordo com a irmã, ele sempre teve a doença, mas apenas agora se desenvolveu, o que foi considerado estranho pelos médicos”, explica Levir.
 
“Até o momento foram arrecadados cerca de R$ 27 mil, o que ainda é pouco para o tratamento”, estima o Grande Mestre Estadual Adjunto. Segundo Levir, nos próximos dias Herbert deve iniciar a radioterapia, numa tentativa de reverter o quadro – por enquanto, o Sênior DeMolay, inclusive, está impedido de viajar, o que o mantém integralmente dedicado ao tratamento em São Paulo.
 
Além da Ordem DeMolay, as torcidas do Treze Futebol Clube e do Campinense, times de futebol de Campina Grande (PB), também iniciaram uma campanha conjunta em prol do jovem. “Precisamos urgentemente ampliar a nível de Brasil, pela complexidade do tratamento e a família não ter condições para arcar com toda despesa”, conclama o Grande Mestre Estadual da Paraíba.
 
Para doar, a família de Herbert disponibilizou contas no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal em nome de familiares do jovem:
 
Banco do Brasil:
Ag.: 3331-6
Conta corrente: 9237-1
Favorecida: Genilda Morais Mendes Barros
CPF: 414.454.144-49
 
Caixa Econômica Federal
Ag.: 0836 – Operação: 013
Conta poupança: 4316-5
Favorecida: Hemmelly Morais Mendes Barros
CPF: 102.591.244-60

*Atualizada às 09h21 de 27 de setembro de 2016