CEOD-AP é marcado como congresso para a família DeMolay
Publicado em 25 de Novembro de 2017
Foto: Acervo pessoal MCN
Macapá, capital do Amapá, sediou, nos dias 18 e 19 de novembro, a edição de 2017 do Congresso Estadual da Ordem DeMolay (CEOD-AP), evento marcado, segundo avaliação do Mestre Conselheiro Nacional, Pedro Freiria, como um “congresso para a família DeMolay”. “O evento reuniu membros dos três capítulos e também nossos queridos irmãos Escudeiros e primas Filhas de Jó. Realmente foi um congresso para toda a família DeMolay. Isto tornou o evento ainda mais especial e marcante”, destacou Freiria, que participou do encontro. Durante todo o evento, o Sereníssimo Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Amapá, Giovanni Tavares, entusiasta da Ordem DeMolay, esteve presente.
 
A programação do CEOD-AP incluiu o tradicional bate-papo com o Gabinete Nacional, um torneio ritualístico organizado pelo Gabinete Estadual, uma web palestra sobre a Ordem Internacional das Filhas de Jó para as Filhas de Jó, uma palestra sobre a Ordem dos Escudeiros, ministrada pelo Mestre Conselheiro Nacional, e ainda uma palestra com o tema "Empreendedorismo e Ordem DeMolay - 10 características de um empreendedor de sucesso" ministrada por Nelma Setúbal, Consultora do Sebrae do Amapá.
 
Segundo Freiria, outro momento marcante foi a participação na cerimônia solene de incineração do pavilhão nacional proporcionado pela Loja Maçônica Duque de Caxias n° 1, que contou com a presença da banda da guarda municipal de Macapá, de lideranças maçônicas e do prefeito da cidade, Clécio Luis.
 
O CEOD-AP também teve a troca de comando do Gabinete Estadual. Mateus Bezerra deixou o cargo de Mestre Conselheiro Estadual, que passou a ser ocupado por Saulo Esteves – que será auxiliado por Euclides Neto como Mestre Conselheiro Estadual Adjunto.
 
“Conhecer Macapá e toda a Ordem DeMolay amapaense foi uma experiência única. Foi uma satisfação muito grande conhecer este povo tão acolhedor e receptivo. Espero voltar assim que possível ao Amapá!", resumiu o Mestre Conselheiro Nacional.