17 de Setembro de 2019
Reconhecimento Internacional
Mapa da Legalidade
DeMolay International
Memorial DeMolay
Revista DeMolay
Igor Alvarenga, Presidente da Comissão Nacional de Ritual e Liturgia
Publicado em 20 de Fevereiro de 2019
Igor Alvarenga, Presidente da Comissão Nacional de Ritual e Liturgia
Foto: SCODRFB
1. Fale um pouco sobre você, sua formação, profissão, família, jornada na Ordem DeMolay e na Maçonaria. 

Sou advogado na área trabalhista, meu pai não é maçom e conheci a Ordem DeMolay através dos meus dois tios que hoje são também meus irmãos de Loja. Iniciei na Ordem DeMolay aos meus 12 anos no Capítulo Fraternidade, Luz, Amor e Vida nº 403, em Goiânia, capital de Goiás e vim a ser Mestre Conselheiro aos 18 anos.

Sempre quis passar pelo máximo de cargos no Capítulo antes de me tornar Mestre Conselheiro. Um dos meus cargos favoritos sempre foi o de Escrivão. Depois, assumi o cargo de Secretário do Mestre Conselheiro Estadual de Goiás, Mestre Conselheiro Estadual Adjunto e enfim, Mestre Conselheiro Estadual onde concluí minha jornada como DeMolay Ativo. Tive o prazer também de ingressar na Loja que patrocinava meu Capítulo, assim que atingi a idade de 21 anos, exercer o cargo de Grande Secretário Estadual de Goiás, colaborar na abertura do 1º Castelo de Escudeiros de Goiás e atualmente estou servindo ao meu Capítulo como Presidente do Conselho Consultivo.

2. Conte sobre sua experiência com Ritual e Liturgia.

 Logo após largar o cargo de Mestre Conselheiro, incentivado pelo Irmão Thiago Augusto Castro, concorri ao cargo de Mestre Conselheiro do Supremo Capítulo no Congresso Nacional da Ordem DeMolay - CNOD que aconteceu em 2011 na cidade de Tramandaí/RS. Essa foi a primeira turma do Supremo Capítulo e com ela, várias oportunidades de conhecer grandes ritualistas e me aperfeiçoar cada vez mais nessa área. Na gestão do Irmão Karatê, esse me chamou para auxiliar a Comissão Nacional de Ritual e Liturgia como uma espécie de "estagiário". Logo após, na gestão do Irmão Omar, tive o prazer de ser convidado efetivamente para me tornar membro dessa comissão e ano passado, para a minha felicidade, o Irmão Paulo Henrique me passou a presidência dessa pasta. 

Além do Thiago, outros ritualistas que sempre me inspiraram, sem dúvida, foram o Willem Garcia e o Jaimar Gomes, presidentes anteriores da Comissão de Ritual e Liturgia que nunca abaixaram a cabeça para os erros, por mais insignificantes que fossem, eram extremamente detalhistas e produziram vastos materiais que usamos até hoje na Ordem. Esses três ritualistas foram peças fundamentais para o andamento da DeMolay, sem sombra de dúvidas.

3. Como é o trabalho da comissão nacional de ritual e liturgia? Quais as principais demandas.

 Em geral, é um trabalho prazeroso de se fazer. Envolve bastante leitura, tradução, comparação e revisão. Isso quando lançamos um documento novo que é o que ocorre na maior parte das vezes. A Comissão também exige que o membro tenha boa comunicação, estando apto a passar aquilo que sabe para os irmãos de todo o Brasil através de palestras pessoais ou virtuais e por fim, uma prática recorrente é a resolução das dúvidas que nos são enviadas através das mídias, principalmente pelo Help-Desk do SISDM.

4. Fale dos principais projetos da Comissão para 2019.

Em 2019, lançamos o Movimentos de Solo revisado, uma sequência de vídeos que demonstrará passo a passo cada movimento, lançaremos um Curso para Consultores totalmente disponível na plataforma do SISDM, teremos algumas surpresas no próximo CNOD, onde teremos mais um torneio além do já conhecido, Frank A. Marshall, e isso é só o começo. 

 5. Qual o principal desafio da padronização ritualística no Brasil.

Falando a nível nacional, acredito que o grande desafio seja conseguir levar a alguns DeMolays e Capítulos de determinadas regiões a informação sobre algumas práticas que mudaram ou que finalmente forma regulamentadas pelas Supremas Instruções - SIs. Pequenos erros, todos os Capítulos cometem até pela alta rotatividade que existe na Ordem DeMolay: quando o membro está começando a se tornar um grande estudioso do Ritual, ou ele vira Sênior ou assume um cargo de liderança e se afasta do Capítulo de origem.

Agora, os erros mais grotescos, esses sim nos preocupam e verificamos que muitos Capítulos não os perdem justamente porque não têm pelo menos um membro assistindo aos webnários, o Mestre Conselheiro Estadual não dá o suporte ritualístico necessário seja porque não vai ao Capítulo necessitado ou seja porque não tem o conhecimento necessário. Uma coisa é você desviar um pouco da faixa de movimentação num movimento, outra é vermos o pessoal até hoje chamando Past Mestres Conselheiros, Pais, Avós, Honoráveis Rainhas e outros na passagem do colar de Mestre Conselheiro numa instalação, por exemplo. Esses últimos erros são aqueles que devem ser extirpados. 

Outro ponto, e esse é bastante polêmico, uma visão que não admite mudanças que existe em certos membros da Ordem. Muitas vezes daqueles que não são mais DeMolays Ativos. Alguns acreditam que o Ritual não devia ter sofrido algumas alterações e queriam que ele continuasse a ser da forma que era "na época" deles. Embora, essa corrente seja minoritária, ela ainda está presente e muitas vezes dificulta o estabelecimento de práticas corretas de ritualística e gera muito estresse desnecessário, especialmente para nós da Comissão.

6. Deixe algumas dicas para os Capítulos trabalharem melhor a Ritualística em suas reuniões.

Primeiro de tudo, cada DeMolay do Capítulo deve ter seu próprio Ritual e isso já é possível graças ao Projeto "Meu Primeiro Ritual". Era impossível que o DeMolay estudasse, quando o Ritual ficava só no Capítulo. Outro ponto: elejam alguém no Capítulo que seja bem interessado em ritualística. Esse membro ficará responsável por estudar Ritual, Cerimônias, Supremas Instruções, assistir a todos os webnários e repassar todo esse conteúdo ao Capítulo através de ensaios e palestras periódicas. Acreditamos que com isso, diminuiremos a ocorrência dos erros mais graves. E por fim, fazer durante as gestões algum tipo de torneio interno ao Capítulo para que os membros estejam sempre memorizando as falas de seus cargos. Relembro que todo o Ritual DeMolay deve ser dado de memória e em tese, não deveria sequer haver a presença do Ritual nas mesas e cadeiras dos Oficiais.

7. Deixe uma mensagem para a Ordem DeMolay brasileira.

Em primeiro lugar, quero agradecer à oportunidade de podermos passar aos membros um pouco da nossa visão referente ao nosso trabalho. Quero dizer que muitas vezes, aqueles ritualistas que levam seu trabalho realmente a sério, que não permitem que práticas equivocadas acontecem, geralmente ficam com uma imagem de chatos, arrogantes, invasivos e por aí vai...  E nada disso aconteceria se cada um tivesse consciência e fizesse sua parte para aprimorar a ritualística de seu Capítulo. E se pensarmos bem, é graças ao Ritual que a Ordem cresceu e se espalhou de maneira tão vertiginosa no mundo e em nosso país. E é graças à padronização ritualística que podemos dizer que o Ritual praticado nos Estados Unidos é o mesmo praticado no Brasil, garantindo o sentimento de que somos uma única Ordem. Então, conclamo a todos para sempre estarmos lutando por esses ideais.
ENTREVISTAS
Jorge Vaz, MCE e co-autor do tema anual
Jorge Vaz, fala um pouco sobre o Tema Anual 2018/2019, Ordem DeMolay: uma família [...]
Entrevista com Thiago Rijo, GME-RS
Gaúcho com orgulho, o Grande Mestre Estadual do Rio Grande do Sul, Thiago Rijo [...]
Steven E. Crane - Grande Mestre Internacional
Apresentamos a entrevista exclusiva com o Grande Mestre Internacional, Tio Steven E [...]
João Gabriel, PMCN: 'Ser DeMolay não é para qualquer um'
Depois de entrevistar Paulo Rafael Mesquita, o Mestre Conselheiro Nacional que iria tomar [...]
DM BRASIL
Congresso Estadual do Rio de Janeiro aconteceu no Palácio do Lavradio
No dia 14 de setembro, ocorreu o Congresso Estadual do Rio de Janeiro na capital, no histórico Palácio [...]
DeMolay Brasil
SCODRFB participa do Congresso Estadual em Sena Madureira no Acre
Nos dias 06 e 07 de setembro ocorreu o Congresso Estadual do Acre em Sena Madureira, que foi palco da [...]
DeMolay Brasil
Comitiva do MCNA realiza visitas pela Ordem DeMolay em Santa Catarina
Entre os dias 23 a 25 de agosto de 2019, o Mestre Conselheiro Nacional Adjunto, João Eduardo, realizou uma [...]
DeMolay Brasil
Nós Apoiamos o SCODRFB
© 2019 SCODRFB | Centro Nacional de Liderança DeMolay
SGAN 909 - Asa Norte - Módulo A - CEP: 70790-091 - Brasília - DF
© 2019 DeMolay Brasil | Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil. TODOS DIREITOS RESERVADOS.

Desenvolvido por Plural