02 de Dezembro de 2020
DeMolay International
Memorial DeMolay
Revista DeMolay
Marcelo Gustavo, Sênior DeMolay e Empresário
Publicado em 04 de Agosto de 2020
Marcelo Gustavo, Sênior DeMolay Regular e Empresário
Foto: SCDB
Uma entrevista realizada pela Associação DeMolay Alumni Brasil - ADAB

1. Fale um pouco sobre você.

Me chamo Marcelo Gustavo, sou natural de Caetité - Bahia, onde nasci e morei com minha família até os 17 anos. Foi lá que iniciei na Ordem DeMolay, aos 12 e fiz a maioria das grandes amizades que tenho até hoje. Hoje estou prestes a completar meus 26 e moro em Vitória da Conquista-BA. Minha família veio morar aqui na cidade há 3 anos também.

2. Nos fale sobre a sua trajetória dentro da Ordem DeMolay.

Iniciei aos 12 anos, no Capítulo Caetiteense nº 559 e tenho o sentimento de ter vivido tudo o que eu gostaria como membro ativo da Ordem DeMolay. Aos 17 fui Mestre Conselheiro e primeiro PMC-PSM do meu Capítulo. Aos 19, fui o primeiro PICC-PSM do Priorado Nobres Cavaleiros do Sertão Baiano nº 156 (experiência que eu considero como a mais marcante nessa jornada). 

Foram inúmeras histórias, experiências, amizades, viagens e congressos que relembro com muita saudade. Quando me dei conta do bem que a Ordem DeMolay estava fazendo em minha vida, eu só queria retribuir com muito trabalho e acredito ter cumprido com esse objetivo. O prêmio de Representante DeMolay que recebi em 2014 também me proporcionou uma auto-avaliação que me trouxe aprendizados que pratico até hoje. Neste mesmo ano, tive a honra e privilégio de ter sido indicado ao Grau de Chevalier. Também pude servir minha região como Mestre Conselheiro Regional, o Gabinete Nacional como Secretário de Ações Sociais e o Supremo Conselho como membro da Comissão da Ordem de Cavalaria.

3. Como tem sido a sua carreira dentro de sua Loja Maçônica?

Realizei um sonho ao iniciar na Maçonaria em 2017, aos 23 anos de idade. E o mais legal de tudo: era uma Loja do Rito de York. Foi uma nova experiência que significou muito pra mim e contribuiu para consolidar a minha transição para a vida adulta. Tive a alegria de iniciar com amigos queridos na Loja Ahiman Rezon nº 256 (GLEB), onde permaneci filiado até maio de 2019. 

Neste mesmo ano, fui acolhido no Grande Oriente da Bahia (GOBA), onde fundamos a primeira loja desta obediência em Vitória da Conquista. O nome da Loja parece um pouco "suspeito"... Construtores das 7 Virtudes nº 13. A data de Instalação da Loja também é bastante conhecida por qualquer bom DeMolay: 08 de novembro. Acho que vocês devem imaginar o motivo. Neste mesmo dia, tive a imensa honra de ser instalado como Venerável Mestre, cargo que ainda ocupo até a data desta entrevista. 

Vale ressaltar que no dia seguinte, fizemos uma Iniciação de 12 DeMolays na Loja. Foi incrível. Encarar toda essa missão foi bastante desafiador pra mim, tudo totalmente novo e diferente. Mas penso que as coisas acontecem sempre no momento certo, em tudo há um propósito maior, então que assim seja! Convido todos os Irmãos a seguirem o instagram da @contrutoresdas7virtudes.

4. Fale sobre a sua formação e atuação acadêmica.

Concluí o Ensino Médio aos 16 anos em Caetité-BA, estudei sempre em escola pública. O mais importante pra mim foi o CETBC. Tive professores maravilhosos e faço aqui menção honrosa a Marizete, Ângelo, Conceição, Luísa e tantos outros que foram fundamentais no meu desenvolvimento. 

Aos 17, me mudei de cidade para cursar Engenharia de Produção na FAINOR (Vitória da Conquista). Cursei até o 4º semestre e um conjunto de fatores fizeram com que eu desistisse. O mais relevante deles foi a minha não identificação com a profissão. Acho que não refleti muito quando decidi iniciar o curso, porém, sempre ouvi que deveria fazer uma faculdade pra "ser alguém na vida" e aquele diploma seria a realização de um sonho para minha família, muito humilde.

Enfim, depois disso iniciei o curso de Ciências Contábeis na UESB. Aqui foi mais legal, pois pude vivenciar a Universidade verdadeiramente. Essa foi uma decisão acertada, que me proporcionou experiências extremamente marcantes em diversos aspectos. 

Atuei bastante pelo Centro Acadêmico, sendo Presidente na gestão 2017/18 e fiz amizades incríveis. A parte ruim da história é que não concluí o curso. Tranquei logo após o fim do oitavo semestre (de um total de 10). Pode parecer loucura (na verdade acho que foi), mas não me arrependo. O motivo vocês saberão logo em seguida.

5. Como surgiu a sua Empresa, a Tribalismo?

Aqui está o motivo: a Tribalismo. Pra quem não sabe, Tribalismo é o nome da empresa que gerencio hoje. Em 2018, quando ela nasceu, eu havia acabado de pedir demissão de um emprego e queria ter mais autonomia e renda com o trabalho. Eu já estava me preparando bastante para uma oportunidade que eu ainda não sabia qual. 

Eis que surgiu uma oportunidade de negócio e eu passei a dedicar grande parte do meu tempo nela. Trabalhava de manhã, tarde, noite e madrugada. Comecei a faltar na faculdade. Quando eu ia para as aulas, pensava "eu poderia estar em casa fazendo algo pela Tribalismo". 

E o fato é que em março de 2018 nasceu essa empresa, que comercializa artigos personalizados. Tenho dois sócios, que também são amigos e Sêniores DeMolays de Caetité. Em pouco mais de 2 anos, conseguimos nos destacar neste mercado em nosso Estado e até hoje já enviamos nossos produtos para mais de 3.000 clientes em todos os Estados do Brasil. 

6. Quais os serviços que vocês oferecem?

Trabalhamos com artigos personalizados em geral, como canecas de alumínio, tirantes, camisas, shorts, bonés, chapeus de palha, etc. A maior parte do nosso público é o estudante universitário e de ensino médio. Atendemos empresas e eventos também, como formaturas, aniversários, festas, etc. Quem quiser conhecer, segue nosso instagram @tribalismo.

7. Como é composta a equipe de vocês?

Nossa equipe chegou a ter 11 pessoas, mas hoje somos 9 pessoas de forma direta. Fora nós três, que somos sócios, temos mais dois Sêniores DeMolays trabalhando aqui com a gente.

8. Existe também a Tribalismo Entretenimento, como funciona?

A Tribalismo, através da comunicação pela redes sociais e o nosso atendimento diferenciado, começou aos poucos conquistar o carinho e atenção dos clientes e seguidores de forma geral. Como estávamos trabalhando com o público jovem e universitário com produtos para eventos, percebemos que havia espaço para entrar no mercado de eventos também. E assim nasceu a Tribalismo Entretenimento, em 2019. Temos vários projetos bem legais, como a Tribalismo on the Beach (Reveillon), Tribalismo House (Carnaval e São João), Unibixos (Evento Universitário), Tribalismo Soul, entre outros.

9. Como a Ordem DeMolay e a Maçonaria te ajudaram e ajudam na atuação profissional?

Primeiramente, 80% das pessoas com as quais convivo atualmente estão de algumas formas envolvidos na Maçonaria... ou são Maçons, ou são Sêniores DeMolays que tiveram toda essa vivência no passado ou estão conectados à família maçônica. Segundo, que a DeMolay foi uma experiência muito intensa, ou seja, trouxe bastante aprendizado. Tanto a Ordem DeMolay quanto Maçonaria são verdadeiras escolas de liderança e moralidade. Isso ajuda qualquer profissional a ser melhor. De alguma forma você aprende sobre gestão de pessoas, gestão do tempo, comunicação, falar em público, apresentar relatórios e projetos e muito mais. Nelas aprendemos a liderar e ser liderado, a conquistar o nosso espaço. Tudo isso e vivenciamos em qualquer empresa, em qualquer profissão.

10. Quais os planos e aspirações que você ainda tem profissionalmente?

Excelente questão, me fez refletir bastante. Acho que a maior das aspirações no momento é expandir o negócio e fazer com que a Tribalismo cresça cada vez mais. Mas sinto que tenho bastante conhecimento acumulado em vários aspectos do marketing digital e tenho facilidade e interesse em tudo que envolve comunicação visual e tecnologia. Acho que num futuro não tão distante irei empreender em um negócio numa dessas áreas. 

11. Deixe um recado para os leitores.

Quero dizer que fiquei extremamente feliz com a oportunidade da entrevista. Parabenizo aos Irmãos da Alumni Brasil pela abertura do espaço, especialmente ao Irmão Victor Regis, que tem feito um trabalho maravilhoso pela Alumni Bahia. Seria maravilhoso se todo bom jovem tivesse a chance de ter acesso aos conhecimentos que a Ordem DeMolay oferece, sem dúvidas teríamos um mundo com pessoas melhores e, consequentemente, melhores profissionais e empreendedores. 

Por fim, digo que empreender em qualquer área é um desafio muito duro. É uma experiência que agrega bastante conhecimento, mas a todo momento testa a sua inteligência emocional. É preciso ter bastante convicção e trabalhar com aquilo que realmente gostamos e temos prazer em fazer. Todos nós podemos chegar onde quisermos chegar, mas são poucos que estão dispostos a pagar o preço necessário. É isso, gratidão a todos, vida longa à DeMolay Brasil.

Fonte: Assessoria de Comunicação e Marketing da Alumni Brasil.
ENTREVISTAS
Reginaldo Souza, Presidente da Alumni Pará
Conheça mais sobre Reginaldo Ferreira de Souza Junior, Presidente da [...]
Sandro Romero, PGMN
Primeiro Sênior DeMolay a ser Grande Mestre Nacional, Sandro Romero Toledo Pedrosa [...]
Ícaro Nóbrega, Mestre Conselheiro Nacional
Instalado como Mestre Conselheiro Nacional no último dia 30 de julho, o jovem [...]
Jorge Vaz, MCE e co-autor do tema anual
Jorge Vaz, fala um pouco sobre o Tema Anual 2018/2019, Ordem DeMolay: uma família [...]
DM BRASIL
ELOD 2020 Já tem programação definida
O Supremo Conselho DeMolay Brasil divulgou na última quarta (04) a programação consolidada do [...]
DeMolay Brasil
Sênior DeMolay e Maçom de Alagoas é selecionado para projeto da ONU contra a COVID-19
O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) selecionou nove jovens [...]
DeMolay Brasil
ABDL divulga resultado de concurso e elege nova diretoria
No último dia 28 de julho pudemos conhecer o mais novo imortal da ABDL - Academia Brasileira DeMolay de Letras, [...]
DeMolay Brasil
Nós Apoiamos o DeMolay Brasil
© 2020 SCDB | Centro Nacional de Liderança DeMolay
SGAN 909 - Asa Norte - Módulo A - CEP: 70790-091 - Brasília - DF
© 2020 DeMolay Brasil | Supremo Conselho DeMolay Brasil. TODOS DIREITOS RESERVADOS.

Desenvolvido por Plural